quinta-feira, 18 de maio de 2017

VITÓRIA A MINAS - Inesquecível visita ao Museu da Vale.







Dando seqüência à grande viagem no “Vitória a Minas – o trem da Vale”, eu e minha irmã Marly Mayrink permanecemos em Vitória no domingo, aproveitando o dia para algumas visitas.

Começamos nosso passeio conhecendo o Museu da Vale, local que abriga a belíssima Locomotiva 185, uma Baldwin fabricada em 1945. Junto a ela, um vagão de passageiros em madeira e um pequeno carro para transporte de bagagens e cargas em geral.

Lógico, muitas fotos!

O Museu está localizado próximo ao mar, dotado de píer para passeios de barco e um belíssimo jardim, local apropriado para a realização de book’s fotográficos. Por sinal, muitas noivas e gestantes estavam por ali com seus fotógrafos aproveitando a bela manhã de domingo.

Voltando ao museu, percorremos os três andares onde estão expostas antigas peças ferroviárias, fotos antigas das estações do trecho da Vitória a Minas e o melhor: a maior maquete ferroviária projetada para representar uma ferrovia específica, com 34m² de área construída. Realmente um grande espetáculo poder ver de perto tão grandioso trabalho, com uma riqueza de detalhes que encanta a todos.

Ao lado do Museu, está estacionado e funcionando um antigo carro restaurante.

Espero que possam curtir as fotos, uma pequena demonstração de que vale a pena realizar este passeio.



























Na seqüência fotográfica abaixo, peças e fotos em exposição no Museu da Vale.

Pátio de Itabira, década de 1940.


Trem passando pela ponte Florentino Avidos.


Telefone seletivo – por meio deste aparelho as turmas de manutenção se comunicavam com o centro seletivo, pedindo tempo para a execução dos serviços na linha.










Na seqüência abaixo, fotos antigas das estações do trecho.













Do terceiro andar do Museu é possível vermos a antiga Estação da Estrada de Ferro Leopoldina.





Abaixo, uma seqüência fotográfica da espetacular maquete exposta no terceiro andar do Museu, verdadeira obra de arte projetada e construída pela Associação Mineira de Ferromodelismo.






















Um comentário: