segunda-feira, 27 de março de 2017

Estação DONA MARIANA - Última parada do Ramal de Sumidouro antes de alcançar a linha do Cantagalo.





Estação Dona Mariana
Não estive no local
Inaugurada em: 11/03/1889
Ramal de Sumidouro – Km 180,210 (1960)
Uso Atual – moradia.








Também localizada no Município de Sumidouro, a Estação Dona Mariana era a última parada antes da Estação de Conselheiro Paulino, já na linha do Cantagalo.
Para ilustrar esta matéria contei com outra grande contribuição do amigo Jorge Plácido que enviou as fotos de sua visita à estação e à comunidade de Dona Mariana em outubro de 2015 mostrando a estação, a antiga caixa d'água e belos cenários do espetacular trecho de serra de Dona Mariana a Murineli, passando pelos três túneis já apresentados aqui no blog.

Para chegar à Nova Friburgo o Ramal de Sumidouro partia da estação Melo Barreto, em Minas Gerais e após passar por Dona Mariana percorria um trecho da linha do Cantagalo à partir de Conselheiro Paulino. 
Trata-se de um trecho de serra deslumbrante, onde o antigo leito foi transformado em estrada rural. Passar por ele nos faz viajar na imaginação e ver o trem cortando a serra...
Seria sem dúvida um belíssimo passeio! 













sexta-feira, 10 de março de 2017

Em nossa edição "FOTOS HISTÓRICAS", um dos mais belos registros fotográficos.


Na edição “Fotos Históricas” trago hoje um dos mais belos, românticos e emblemáticos registros fotográficos da ferrovia que já tive a oportunidade de apreciar. Trata-se de uma composição subindo a serra na região Friburgo/Cachoeiras de Macacu, no Estado do Rio de Janeiro. 
A foto foi publicada no facebook por Tasso Ferreira Freire e compartilhada pela amiga historiadora e fotógrafa Jaqueline Asth Mentora.

Em serras como a de Friburgo e Petrópolis, por exemplo, adotava-se o sistema de cremalheira, que consistia na instalação de um terceiro trilho dentado entre os dois trilhos tradicionais da ferrovia, onde a Locomotiva possuía uma engrenagem em seu sistema de tração, fundamental não só para tracioná-la nas subidas, como também para a frenagem nas descidas, Locomotiva esta especialmente projetada para vencer terrenos íngremes.
Um sistema realmente espetacular de ver funcionando, especialmente quando o imaginamos lá pelos idos de 1880.

Acima, na foto do acervo do amigo Hugo Caramuru um dos modelos de Locomotiva Cremalheira da primeira ferrovia do Brasil – a Estrada de Ferro Príncipe Grão Pará.


sexta-feira, 3 de março de 2017

Próxima Parada - ESTAÇÃO BARÃO DE AQUINO, no Município de Sumidouro.





Estação Barão de Aquino
Não estive no local
Inaugurada em: 11/03/1889
Ramal de Sumidouro – Km 204,208 (1960)
Uso Atual – desconhecido.




Hoje a página otremexpresso faz sua parada na Estação Barão de Aquino, localizada no Município de Sumidouro - RJ. A verdade é que para ilustrar as informações sobre esta estação com imagens contei com a valiosa contribuição da amiga historiadora e fotógrafa Jaqueline Asth Mentora e de Jorge Plácido, ambos de Nova Friburgo.
Apesar de - sem perceber - ter passado bem próximo à estação em minha “expedição” pelos caminhos da Estrada de Ferro Leopoldina no Ramal Sumidouro com os amigos Aurinho Torres, Joséli Chapeta e Marcelo num dia extremamente produtivo e movimentado com inúmeras visitas e descobertas conhecendo obras monumentais, antigas pontes, túneis, locomotivas, estações, caixas d’água e belíssimos cenários percorrendo o antigo leito do ramal Sumidouro, acabei por não visitá-la pelo simples esquecimento de todos nós.
A Estação Barão de Aquino está localizada entre as estações de Sumidouro e Murinelli. Pertencia a Cia. Estrada de Ferro do Sumidouro, posteriormente comprada pela Leopoldina em 1885.

A Estação de Sumidouro funcionou até 31 de maio de 1967, quando o Ramal foi definitivamente suprimido.

Atualizada em 27 de março de 2017.