sexta-feira, 10 de março de 2017

Em nossa edição "FOTOS HISTÓRICAS", um dos mais belos registros fotográficos.


Na edição “Fotos Históricas” trago hoje um dos mais belos, românticos e emblemáticos registros fotográficos da ferrovia que já tive a oportunidade de apreciar. Trata-se de uma composição subindo a serra na região Friburgo/Cachoeiras de Macacu, no Estado do Rio de Janeiro. 
A foto foi publicada no facebook por Tasso Ferreira Freire e compartilhada pela amiga historiadora e fotógrafa Jaqueline Asth Mentora.

Em serras como a de Friburgo e Petrópolis, por exemplo, adotava-se o sistema de cremalheira, que consistia na instalação de um terceiro trilho dentado entre os dois trilhos tradicionais da ferrovia, onde a Locomotiva possuía uma engrenagem em seu sistema de tração, fundamental não só para tracioná-la nas subidas, como também para a frenagem nas descidas, Locomotiva esta especialmente projetada para vencer terrenos íngremes.
Um sistema realmente espetacular de ver funcionando, especialmente quando o imaginamos lá pelos idos de 1880.

Acima, na foto do acervo do amigo Hugo Caramuru um dos modelos de Locomotiva Cremalheira da primeira ferrovia do Brasil – a Estrada de Ferro Príncipe Grão Pará.


2 comentários:

  1. Excelentes fotografias, nos remetem aos áureos tempos da Leopoldina.
    Os trechos de serra como o texto acima aponta erma vencidos por maquinário e via especial com um terceiro trilho popularmente denominado de "Cremalheira". Na verdade este sistema de trilhos dentados chamava-se "Riggnbenbach" em homenagem ao seu criador, o engenheiro Nicholas Riggenbach que o implantara numa ferrovia na Suíça, no trecho ferrovia para o monte Righi. O sistema de Riggenbach no Rio de Janeiro fora implantado nos trechos de serra da Leopoldina Railway (ainda na época da E.F. Prícipe do Grão Pará) entre Vila Inhomirim e Petrópolis, na E.F. Theresópolis(posteriormente incorporada à Central do Brasil) no seu trecho de serra; e na E.F. Corcovado. O trecho que se vê na foto possuía o sistema de cremalheira diferente com trilhos dentados com fueiros laterais e não na parte superior. Para vencer a serra entre Cachoeiras de Macacu e Nova Friburgo primitivamente foi projetado o sistema denominado "Plank-Road" que consistia em trilhos de madeira, no entanto não chegou a ser aplicado no trecho citado. O sistema Fell do engenheiro inglês que o havia empregado no monte Cenis, nos alpes fronteiriços entre a França e a Itália, desativada esta ferrovia o equipamento foi vendido para o Brasil juntamente com a frota de locomotivas francesas com bitola de 1.10m fabricadas pela Gouin et Cie. Alguns antigos se referiam às locomotivas que substituíram as Baldwin na serra, as North British 0-6-0T (inglesas) adquiridas em 1947 carinhosamente de "Maria larga", talvez por causa do seu design exótico. Das North British adquiridas apenas a 103 fora preservada, esta aguarda restauração na ABPF.

    ResponderExcluir