quinta-feira, 12 de julho de 2012

ESTAÇÃO RIO POMBA - Estação Terminal do Ramal do Rio Pomba.







Estive na Estação em julho de 2012

Inaugurada em 1º de julho de 1886

Ramal de Rio Pomba - km 280,214 (1960)




Estação de Rio Pomba foi inaugurada em 1886 pela E. F. Leopoldina com o nome de POMBA. Há fontes que dão a data de abertura como sendo em 02 de julho de 1879. Ela era a estação terminal do Ramal do Rio Pomba e foi fechada com o ramal em 01 de maio de 1965, sendo que o fechamento do ramal para trens de passageiros ocorreu em julho de 1964.
A Estação de Pomba foi reformada pela Loja Maçônica Fraternidade Mineira, que hoje é responsável por sua conservação. Em frente à Estação havia uma grande cooperativa de laticínios, onde o leite ali produzido seguia pela Leopoldina para Guarani e de lá para o Rio de Janeiro.
Em Rio Pomba, além da oportunidade de conhecer e fotografar a Estação Ferroviária, pude também conhecer o Museu Histórico da cidade, onde fui muito bem recebido por Sr. Assuéro, pesquisador e responsável pelo espaço cultural, que além de um grande acervo resgatando toda a história do Município, me apresentou também uma ala destinada à passagem da ferrovia por Rio Pomba com as belíssimas fotos expostas aqui no site, além de peças, ferramentas e utensílios utilizados pelos ferroviários na ferrovia e na Estação.
Outro detalhe marcante no Museu é o belo desenho feito por um aluno de uma Escola Municipal relembrando o Bonde de tração animal que ligava a Estação ao centro da cidade, já que, fugindo aos padrões da época, a mesma não estava localizada no centro - que em Rio Pomba se situa num plano mais alto - mas num bairro periférico.
HISTORICO DA LINHA: O ramal do Pomba, também chamado de ramal do Rio Pomba, foi autorizado por uma concessão provincial em 1878 e foi aberto ao tráfego em 01/07/1886, saindo da estação de Guarani, na linha Três Rios-Caratinga, e atingindo a cidade de Pomba. Foi fechado em 01/05/1965 (fonte - www.estacoesferroviarias.com.br ).










Além de encontrar a Estação em perfeitas condições, hoje mantida pela Maçonaria, tive também a oportunidade de conhecer o Museu Histórico de Rio Pomba, onde tive a alegria de registrar as fotos abaixo, que resgatam a história da ferrovia na cidade.










Na foto acima, o prédio da cooperativa de laticínios, de onde o leite ali produzido seguia pela Estrada de ferro Leopoldina para Guarani e de lá para o Rio de Janeiro.



Na foto acima, o Girador para Locomotivas.



Acima, o belo desenho de aluno de uma Escola Municipal retratando o Bonde de tração animal que levava os passageiros da Estação até o Centro de Rio Pomba.




Nenhum comentário:

Postar um comentário