sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

"ARQUEÓLOGOS FERROVIÁRIOS" no Posto Telegráfico de Telhas.




Carlos Latuff (à esquerda na foto) e Eu na "plataforma da estação".




Fiel ao pensamento de que nada acontece por acaso, estava eu saindo de um supermercado em Bicas no domingo, dia 23 de dezembro de 2012, quando atravessa a rua apressadamente meu amigo “Jeremias do taxi” acompanhado de mais duas pessoas até ali desconhecidas. Mal sabia eu que se tratava de mais um grande pesquisador ferroviário, o cartunista Carlos Latuff – que conhecia da net através de seu blog ferroviasdobrasil.blogspot.com.br - acompanhado de seu primo Francisco Costa Jr.
Procurava algum vestígio do antigo Posto Telegráfico de Telhas, pequena estação localizada num dos mais belos cenários da região, a serra de Bicas em direção à Rochedo de Minas.
Uma hora depois, nos encontramos e partimos para mais uma verdadeira “pesquisa arqueológica” ferroviária.
No caminho, o velho pontilhão numa cena bucólica, com um belo rebanho a pastar calmamente.
Havia estado em Telhas em 2009 e foi muito bom chegarmos até o local do antigo posto telegráfico e encontrar tudo bem cuidado. A antiga Casa de Turma toda reformada, procurando manter as características originais, apenas com algumas pequenas mudanças.  
Melhor ainda foi conhecer pessoalmente e contribuir com Carlos Latuff, saber que não estou só nesta luta pela preservação da história ferroviária.
Leia mais sobre o Posto Telegráfico de Telhas no link abaixo:
http://otremexpresso.blogspot.com.br/2016/06/estacao-telhas-misterio-desvendado.html 



No caminho, uma visão bucólica e o velho pontilhão.












Mais uma obra de Latuff. A velha Casa de Turma.



O melhor ainda estava por vir! Ao apreciarmos a bela paisagem da serra, vendo ao fundo o antigo leito da ferrovia, disse ao Latuff: "imagina a beleza de podermos apreciar daqui a velha Maria Fumaça e seus vagões descendo a serra!"
Prontamente, Latuff sacou papel e caneta e pôs-se a desenhar numa velocidade e com uma aparente facilidade - dom que só os grandes artistas possuem – tornando meus pensamentos uma bela “realidade” retratada num pequeno pedaço de papel, um grande presente de Natal.


O artista em ação.




Presente de Natal do amigo Latuff.




Nenhum comentário:

Postar um comentário