sábado, 16 de novembro de 2013

Diplomandos do Liceu Operário de Bicas em 1949.


Graças mais uma vez à contribuição do casal de amigos Paulo Nunes e Edith Dias de Oliveira Nunes, trago outra foto histórica, o Convite de Formatura dos Formandos do ano de 1949 no “Liceu Operário de Bicas”, uma das mais tradicionais escolas que existiu em nossa cidade, onde a qualidade do ensino era uma prioridade para a EFL - Estrada de Ferro Leopoldina. Era ali que os filhos dos ferroviários estudavam!
Naquele ano foram diplomados os seguintes alunos: João Carlos de Carvalho, Maria Aparecida Ferreira, Ronaldo B. de Senna, Adeniziê Martins, Nilza S. Nunes, Gilson M. da Cunha, Wolne J. Costa, Palmyra Costa, Consuelo Guarnieri, Noêmia Bertelli, Walda Arruda, Sinval de Souza, José Francisco, Deacy Dutra Corrêa, Carlos Daniel, Egas M. Nogueira, Neurma Cortat, tendo como Paraninfo o Major Aníbal Costa. Na oportunidade também foram homenageados o Dr. A. O. Denach Lima, Chefe do SESP e Catulino B. Dóre, Ajudante Regional.
Posteriormente, a escola recebeu o nome de “Escola Primária Quatro de Novembro”, mas nunca deixou de ser carinhosamente chamado de Liceu. Também estudei ali, entre 1969 e 1971. Uma escola com uma metodologia de ensino tão elevada e rigorosa que quando me mudei para o Rio de Janeiro em 1972 tornei-me o melhor aluno nas escolas públicas por onde passei naquela cidade. O aprendizado no Liceu também foi fundamental para minha aprovação no SENAI, no Centro de Formação Profissional do Engenho de Dentro, em 1976.
Agradeço mais uma vez ao Paulo Nunes e Dna. Edith pela importante contribuição no resgate da história da ferrovia em nossa cidade.






Nenhum comentário:

Postar um comentário